Material escolar acima da inflação

Material escolar: pesquisar é fundamental (Divulgação)

Pesquisa divulgada agora pouco pelo Nupes (Núcleo de Pesquisas Econômico-Sociais) da Universidade Taubaté mostra uma variação média de 7,67% no preço da cesta de material escolar entre janeiro de 2016 e janeiro de 2017. A variação ficou acima de inflação oficial do período, que foi de 6,29%.
Segundo o Nupes, o material custava R$ 219,82 em 2016 e atualmente custa R$ 236,68. Pelo estudo, 10 produtos tiveram aumento de preço e dois tiveram redução. Os grandes vilões da cesta de material escolar foram o papel sulfite (alta de 31,23%), o lápis preto (28,57%) e a tesoura escolar (14,83%). Os produtos que apresentaram redução nos preços foram a régua de 30 centímetros (6,28%) e a borracha (1,59%).
O Nupes aponta ainda uma diferença grande entre o preço mínimo e o máximo dos produtos em janeiro de 2017. Comparando os produtos com os menores preços (R$ 128,53) com os produtos de maiores preços (R$ 303,93), a oscilação é de 136,47%.

Tome cuidado
Para evitar sobressaltos, o Nupes dá algumas orientações para os pais ou responsáveis pela compra. São elas:
- tomar cuidado com os produtos cuja razão da variação comparando preço e qualidade dos produtos, ou seja, o barato pode sair caro;
- produtos cuja razão da variação são “marca” ou “motivo estampado no produto” e que não tenham problema de “qualidade” devem ser comprados àqueles com preços menores;
- utilizar sempre o material que sobrou do ano passado;
- quando for fazer a compra do material escolar não levar a criança junto, uma vez que ela vai sempre querer as que têm “motivos estampados” e por isso são mais caros;
- evitar comprar em apenas uma loja, fazer sempre a pesquisa;
- formar grupo com famílias e comprar em lojas de atacados, onde normalmente se vende quantidades maiores com preços menores;
- cuidado com as marcas que vendem apenas produtos importados (China) cuja qualidade do produto se apresenta inferior aos nacionais, além disso, o dólar nesse momento está valorizado;
- convença ao filho em adquirir os produtos sem “motivos estampados” (sempre mais baratos) em troca de comprar nas bancas selos ou adesivos com os motivos da preferência do filho e estampá-los onde for necessário;

- evitar compras de última hora. O tumulto e a correria podem ocasionar maus negócios.
Material escolar acima da inflação Material escolar acima da inflação Reviewed by Helcio Costa on 17:12 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.