As tropas de Copacabana


Bom humor é fundamental.
Em jornalismo, principalmente, até para dar leveza e atrair leitura para temas pesados ou repetitivos.

Muita gente vai criticar, mas a capa do "Estadão" de hoje usa o bom humor, a leveza, em um tema dos mais pesados: a onda de insegurança e violência que se abate sobre Rio de Janeiro e Espírito Santo. No alto superior da capa, uma foto aberta mostra três soldados do Exército sorrindo para uma mulher de canga e biquíni que passa por eles. Detalhe: a mulher retribui o sorriso.

Sexismo? Apelo fácil?
Neste caso, acho que é a edição jornalística criando uma identificação fácil, direta, entre jornal e leitor. Uma identificação bem-humorada, embora sob um tema de difícil digestão.


A "Folha" fez a mesma escolha editorial ao abrir uma foto na parte de cima da capa, mas optou pela plasticidade mais comedida, com dois soldados do Exército no contra-luz na praia de Copacabana. Qual a opção mais interessante? Vale o debate ...
As tropas de Copacabana As tropas de Copacabana Reviewed by blog dois pontos on 12:24 Rating: 5

2 comentários:

  1. Estadão leva a melhor capa de hoje.

    ResponderExcluir
  2. concordo. boa sacada do repórter-fotográfico, do editor de Fotografia e do editor da capa. parabéns

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.