Houston, temos um problema


Com pouco menos de dois meses de governo, Felício Ramuth (PSDB) vai encarando o fim da lua de mel com o eleitor e voltando ao planeta Terra.

Depois de passar um bom tempo desmontando o que ainda restava do governo Carlinhos Almeida (PT), o prefeito vai sendo obrigado a ocupar a sua agenda com as demandas reais da cidade, uma delas o desejo das empresas de ônibus em reajustar o valor a tarifa cobrada em São José dos Campos. O pedido máximo é de R$ 4,97. É uma paulada ...

Claro, as empresas pedem mais e, geralmente, a prefeitura oferece menos. Mesmo assim, reajuste é reajuste e ninguém gosta de pagar mais pelo mesmo serviço.

Vamos ver como Felício se sai deste teste real. O reajuste, se vier, e deve vir, deve colocar a tarifa de São José na casa dos R$ 4,20 a R$ 4,50. Vai haver chiadeira, de qualquer modo. O desafio é ver como o governo do PSDB, que prega a transparência administrativa, em alto e bom som, lida com a questão. É, repito, um teste de fogo. Se não der reajuste, entra em conflito com a empresas, que têm demandas represadas. Se der, terá que suportar a reação, que, ainda, é uma incógnita.

Dias interessantes estão por vir ...
Houston, temos um problema Houston, temos um problema Reviewed by Helcio Costa on 13:02 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.