Noves fora, zero ...


Minha calculadora está com algum problema. Já troquei a bateria, bati com ela na mesa e nada. Ou será que desaprendi matemática?

Nem na ponta do lápis está dando certo ...

Explico: por mais que eu tente, minhas contas sobre a economia a ser gerada pelo projeto de reforma administrativa não conseguem chegar perto dos R$ 50 milhões que o governo Felício Ramuth (PSDB) informou que seriam economizados com a medida.

Olha só: o projeto muda a nomenclatura de um monte de cargos e secretarias, mas, na prática, extingue um total de 44 cargos, de padrões variados, cujos salários, somados, chegam a R$ 297.849,47 por mês. Multiplicando esse valor por 13 (12 meses do ano, mais 13 salário), acrescendo ainda 1/3 de férias, o valor em salários cortados em um ano chegaria a R$ 3.971.326,26.

Agora, se multiplicar por quatro, correspondente aos quatro anos do governo, o total da economia bate em R$ 15.885.305. Ou seja, perto dos 16 milhões. Com encargos, bem lembrados por um amigo atento, teríamos um acréscimo de mais R$ 4 milhões em quatro anos. Soma total revisada: R$ 20 milhões. Isso gera uma questão: se a economia prevista era de R$ 50 milhões, onde estão os outros R$ 30 milhões? Vão ser economizados como?

Bom, teimoso, fui atrás de mais números no projeto.

No texto de mais de 100 páginas e diversas tabelas, o governo mexe no salário de quatro cargos, três ligados ao gabinete do prefeito e um ligado à Secretaria de Governança. Dois foram alterados para cima, dois para baixo. A soma dos quatro cargos dá, em valores atuais, R$ 33.304,42 por mês. Com a reforma, a soma vai para R$ 33.790,87. Bem, o corte dos outros R$ 30 milhões não sairá daqui, com certeza.

Gastos indiretos com água, energia e coisas do gênero, não garantiriam o restante. Estão embutidos gatilhos salariais futuros?

Bem, pensando cá com os meus botões, vou analisar o projeto de novo, voltar somar os números e trocar a bateria da calculadora mais uma vez. Quem sabe, de algum jeito, as contas batem. Será que esqueci os noves fora?



Noves fora, zero ... Noves fora, zero ... Reviewed by blog dois pontos on 16:25 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.