Uma OS para o Parque

Parque Tecnológico, a jóia da coroa

A Prefeitura de São José dos Campos acaba de informar que lançou no último sábado o edital de qualificação para alguma Organização Social interessada em executar futuramente o contrato de gestão do Parque Tecnológico. O prazo para protocolo de pedido vai até 24 de março, impreterivelmente.

Os objetivos do contrato são, entre outros:

- Promover a atração de universidades, instituições de pesquisa, desenvolvimento e inovação e empresas de base tecnológica, consolidadas ou emergentes, para a área do Parque Tecnológico;
- Estimular e facilitar o intercâmbio de conhecimento e tecnologia entre universidades, empresas e instituições de pesquisa, desenvolvimento e inovação, bem como incentivar a introdução de inovação tecnológica a produtos, processos e serviços, irradiando os efeitos em toda a região e fora dela;
- Promover o adensamento inovador da cadeia produtiva nas áreas de atuação do Parque Tecnológico, buscando o fortalecimento das empresas tecnológicas de pequeno porte nos aspectos ligados à gestão empresarial, oferta de mão de obra qualificada, modernização de infraestrutura laboratorial e acesso a fundos de fomento e fontes de financiamento

A prefeitura informa, no edital, que o Parque, criado em 2006,foi o primeiro parque credenciado pelo Sistema Paulista de Parques Tecnológicos. É hoje um dos maiores complexos de inovação e empreendedorismo do Brasil.

E lista os números expressivos do Parque ao final de 2016:

- 3 centros empresariais operando e com o quarto já em construção, contando com 43 empresas residentes;
- 3 Incubadoras com 36 empresas e “startups”;
- Empresas âncora (Embraer, Boeing, Ericsson, Visiona, Atech e Akaer);
- APL Aeroespacial e Defesa com 94 empresas associadas; 
- APL TIC Vale com 67 empresas associadas;
- 3 Galerias do Empreendedor; 
- 5 instituições de ensino e pesquisa (Unifesp, Fatec, Unesp, Univesp e Anhembi Morumbi);
- 4 instituições de ciência e tecnologia;
- 3 CDTs – Centros de Desenvolvimento Tecnológico: CDTIC, CDTA e CDTIS;
- 3 laboratórios multiuso em funcionamento (de estruturas leves, de simulação e sistemas críticos, e centro de desenvolvimento de manufatura).

Esse é um bom assunto para acompanhar.

Uma OS para o Parque Uma OS para o Parque Reviewed by Helcio Costa on 18:48 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.