Duas histórias do PqTec


Senta que lá vem história ...
Como dizia no antigo Rá-Tim-Bum, senta que lá vem história.
Hoje, na série sobre o Parque Tecnológico de São José dos Campos, duas histórias sobre esse espaço de alta tecnologia e negócios. Uma de arroja, outra de política.
Vamos aos causos:

Primeira história, na correria

A Prefeitura de São José dos Campos disputou a aquisição do espaço da antiga fábrica da Solectron, às margens da Via Dutra, com a Univap.
Então reitor da Univap, Baptista Gargione, chegou a anunciar a compra.
O prefeito da época, Eduardo Cury (PDSB), acelerou na curva e declarou a área como de interesse do município. O caso gerou um atrito entre Gargione e Cury.

Segunda história, o nome sumiu?

No governo Carlinhos Almeida (PT), algum aspone teve a ideia de mudar o nome do Parque Tecnológico, batizado oficialmente de Parque Tecnológico Rugi Kojima, em homenagem ao ex-vice-prefeito, um dos principais responsáveis pela criação do espaço. Segundo o governo do PT informou à época, o nome era difícil para o PqTec ser "vendido" fora do município.

E o nome de Kojima sumiu dos textos oficiais da prefeitura.

A explicação real era outra, política: morto em 2008, no exercício do cargo, Kojima foi vice-prefeito de dois governos do PSDB, o segundo governo do prefeito Emanuel Fernandes e o primeiro governo Eduardo Cury. Ideologia vesga, aplicada, acredito eu, sem o conhecimento de Carlinhos. Com a vitória de Felício Ramuth (PSDB), a bobagem foi enterrada.

Mas justiça seja feita: no Parque, o nome de Kojima sempre esteve presente, assim como sua foto, exposta no saguão do prédio principal.


Amanhã, a hora H
Como está o processo aberto pela Prefeitura de São José dos Campos para capacitar OSs da área de tecnologia
Duas histórias do PqTec Duas histórias do PqTec Reviewed by Helcio Costa on 18:52 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.