Duas histórias do PqTec


Senta que lá vem história ...
Como dizia no antigo Rá-Tim-Bum, senta que lá vem história.
Hoje, na série sobre o Parque Tecnológico de São José dos Campos, duas histórias sobre esse espaço de alta tecnologia e negócios. Uma de arroja, outra de política.
Vamos aos causos:

Primeira história, na correria

A Prefeitura de São José dos Campos disputou a aquisição do espaço da antiga fábrica da Solectron, às margens da Via Dutra, com a Univap.
Então reitor da Univap, Baptista Gargione, chegou a anunciar a compra.
O prefeito da época, Eduardo Cury (PDSB), acelerou na curva e declarou a área como de interesse do município. O caso gerou um atrito entre Gargione e Cury.

Segunda história, o nome sumiu?

No governo Carlinhos Almeida (PT), algum aspone teve a ideia de mudar o nome do Parque Tecnológico, batizado oficialmente de Parque Tecnológico Rugi Kojima, em homenagem ao ex-vice-prefeito, um dos principais responsáveis pela criação do espaço. Segundo o governo do PT informou à época, o nome era difícil para o PqTec ser "vendido" fora do município.

E o nome de Kojima sumiu dos textos oficiais da prefeitura.

A explicação real era outra, política: morto em 2008, no exercício do cargo, Kojima foi vice-prefeito de dois governos do PSDB, o segundo governo do prefeito Emanuel Fernandes e o primeiro governo Eduardo Cury. Ideologia vesga, aplicada, acredito eu, sem o conhecimento de Carlinhos. Com a vitória de Felício Ramuth (PSDB), a bobagem foi enterrada.

Mas justiça seja feita: no Parque, o nome de Kojima sempre esteve presente, assim como sua foto, exposta no saguão do prédio principal.


Amanhã, a hora H
Como está o processo aberto pela Prefeitura de São José dos Campos para capacitar OSs da área de tecnologia
Duas histórias do PqTec Duas histórias do PqTec Reviewed by blog dois pontos on 18:52 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.