Para onde vai a RMVale?

Fred Guidoni ao lado de João Doria

Três perguntas para Fred Guidoni (PSDB), prefeito de Campos do Jordão, eleito esta semana para gerir a RMVale.

O que podemos esperar da sua gestão à frente da RMVale?

Podemos esperar muita disposição para o trabalho, modernização na condução dos processos de discussão dos temas regionais e inovação no que tange as soluções, assim como atuamos na reestruturação da cidade de Campos do Jordão.
Estamos em uma região que tem uma grande relevância para o Estado e para o país. Queremos mostrar isso a todos e atrair mais investimentos visando gerar emprego e renda para a população através de parcerias públicas e privadas.
As áreas prioritárias, além de buscar o desenvolvimento da região, são as ações na saúde e segurança a que mais afligem a população brasileira.

O orçamento da RMVale é de R$ 2,6 milhões, mas esse dinheiro nunca chega ao organismo em sua totalidade. Como enfrentar o desafio da falta de recursos?

Este é o volume de recursos destinados à Agência, não significa que é o volume de recursos investidos na Região Metropolitana.
O governado do Estado de São Paulo, em razão do olhar sensível do governador Geraldo Alckmin tem sido importante parceiro investidor da nossa região. Nos últimos anos investiu em obras e serviços fundamentais ao desenvolvimento do Vale do Paraíba.
Diversos projetos do Estado já foram ou estão sendo entregues a população Vale Paraibana. Poderia citar vários, dentre eles a recuperação e duplicação de rodovias, a construção de hospitais e unidades de saúde, a infraestrutura urbana em cidades turísticas, etc. Tenho confiança nesta parceria e certeza de que com novos projetos, com o apoio dos 39 prefeitos da nossa região, vamos fazer nosso Vale avançar. 

A existência da RMVale esvazia o Codivap?

São órgãos diferentes mas não são conflitantes.
O Codivap é um dos mais antigos Consórcios de Desenvolvimento do país. Ele atua na discussão da frente política e é um fórum dos prefeitos, onde se trocam experiências entre as cidades. A Região Metropolitana foca o Desenvolvimento socioeconômico da Região buscando por meio de sua Agência de Desenvolvimento atrair investimentos e fazer o papel de interlocução com o governo do Estado, estabelecendo metas, planos, programas e projetos de interesse comum aos municípios da região, uma vez que é composta não apenas dos prefeitos mas também de representantes de várias áreas do Governo Estadual.
Está mais ligada a questão de otimização dos investimentos públicos estatais e também no diagnostico regional para investimentos públicos e privados.
É uma ferramenta moderna de gestão.
Importante frisar que vivemos uma nova fase política no pais e há muita afinidade entre os dois colegiados. Nosso objetivo é de fazer ações que caminhem juntas e se complementem. 

por Nathália Barcelos

Para onde vai a RMVale? Para onde vai a RMVale? Reviewed by blog dois pontos on 08:49 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.