S. José fora do Codivap

O prefeito Felício Ramuth

Uma decisão incluída no pacotão de cortes de despesas baixado pelo prefeito Felício Ramuth (PSDB) no início do governo criou uma saia-justa gigantesca na política regional.

Responsável por bancar mais da metade do orçamento do Codivap, a Prefeitura de São José dos Campos está deixando o consórcio, que reúne prefeitos das cidades da Região Metropolitana do Vale do Paraíba. Além da economia, a medida teria outra fundamentação: a pouca resolutividade do órgão, criado nos anos 70 e hoje presidido por Junior Advogado (PSD), prefeito de Santo Antônio do Pinhal. Em resumo, o Codivap custa muito e produz poucos resultados.

Um mutirão de prefeitos de outras cidades tenta reverter a decisão, que, na prática, significa uma pá de cal no consórcio, considerado por muitos como um "clube de prefeitos" e que teve seu peso político esvaziado com a criação da RMVale.

Para a Prefeitura de São José, a decisão já está tomada.

Em janeiro, Felício enviou ofício ao Codivap informando que deixaria de fazer o repasse mensal de R$ 8.800 para o órgão em função do "rombo" nas finanças do município e da necessidade de conter gastos e de priorizar atendimentos essenciais, em áreas como Saúde e Educação. Por ano, o repasse de São José somaria R$ 105,6 mil. Pelas normas do consórcio, quem não paga, não participa. Logo, para a prefeitura, São José está fora do Codivap.

Vida que segue ...



S. José fora do Codivap S. José fora do Codivap Reviewed by blog dois pontos on 11:26 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.