Somos um povo tabajara?


por Marcos Meirelles

A melhor descrição do Brasil de hoje vem, quem diria, de um personagem que se notabilizou por desdenhar de juízes e promotores que ousaram acreditar que, neste país, a Justiça vale igualmente para todos. Para o ministro do STF, Gilmar Mendes, o país tem atualmente um “governo tabajara”.

Faz sentido. Eu iria além e diria que vivemos em uma “República Tabajara”.

Na República Tabajara, um presidente flagrado em negociações com mafiosos segue à frente do palácio com   desfaçatez patética, esnobando deliberadamente qualquer pretensão de popularidade ou de compromisso ético.

Na República Tabajara, um Congresso movido a propinas pretende votar reformas anti-populares e criminalizar a investigação de políticos como “abuso de autoridade”.
Nesta mesma república, há, por fim, dois poderes judiciários. Aquele que serve aos ricos e aquele que pune os mais pobres.

Na República Tabajara, há políticos que comportam como governistas envergonhados, mas não confessam que seu plano, desde sempre, foi empoderar o príncipe trágico, o cavernoso MacBeth dos trópicos. Estes mesmos políticos, aliás, prestam tributos diários a anjos decaídos.

Na República Tabajara, a oposição não sabe se propõe  a antecipação de eleição ou se apoia a derrubada do presidente patético por via indireta. Seu único cálculo leva em conta a tentativa de voltar ao poder sob a batuta do líder que se associou à máfia e destruiu sua própria biografia.

Mas não nos enganemos. Os métodos e as práticas tabajaras não se limitam a Brasília. Estão presentes em todos os Estados e em todos os municípios do país.

Essa é a nossa verdadeira tragédia. Brasília espelha as distorções do Brasil, nossos valores invertidos, nosso jeitinho, nosso esforço em sonegar impostos, nossa intolerância às regras e às diferenças entre as pessoas e nosso desprezo pela história.

Somos um povo tabajara? 
Esta é uma pergunta cruel, que deveria estimular uma reflexão de todos os que ainda acreditam na construção de um país melhor.

Marcos Meirelles é jornalista.
Este artigo foi publicado originalmente na edição do jornal "O Vale" deste final de semana
Somos um povo tabajara? Somos um povo tabajara? Reviewed by blog dois pontos on 10:26 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.