Devagar com o andor ...

Harmonia

Na ânsia de defender seus ideais, o vereador Esdras Andrade (SD) escorregou na maionese em uma postagem no facebook ...

Ao comentar um acidente com um peão de rodeio na Arena de Barretos (SP), o vereador de 22 anos afirmou: "Não morreu o peão? Ai que triste, seria menos um imbecil no mundo, apenas". Foi o que bastou para dar início a um bate-boca que envolveu muita gente, opiniões de todos os lados e tendências. Teve gente que defendeu o ser humano, gente que defendeu o touro, enfim, opiniões e opiniões (algumas radicais, outras bastante agressivas). Esdras, lá pelas tantas, sentenciou: "Por mim, que morresse a humanidade toda, não soma em nada ao planeta." Bem, se depender de mim, me deixa fora desse extermínio imediato. Não tenho pressa alguma ...

Brincadeiras à parte, acho cruel defender a morte de outro ser humano por simples divergência de pensamento e modo de vida.


Não concordo. 

Não acho que raça, credo, crenças, opção sexual, time de futebol devam separar as pessoas. E, antes que alguém levante a questão de forma atravessada, já aviso: não sou fã de rodeio (apesar de usar, às vezes, camisa xadrez), não maltrato animais e acho, sim, que nossa relação com o planeta precisa mudar radicalmente. Sei que alguns vão ler isso de forma atravessada e até vai ter alguém que vai me mandar levar o peão para casa, me acusar de defender a maus-tratos a animais, sei lá mais o que. Não é o caso. Acredito apenas que a vida do outro é um bem muito importante para ser descartado assim, de bate-pronto. Não aceito que a intolerância seja a palavra-chave na relação entre entre as pessoas.

Ingenuidade minha?
Pode ser, mas, sem ela, perco a minha identidade, a minha face como ser humano.


PS: A imagem que ilustra essa postagem é do fotógrafo Gregory Colbert, que, nos anos 90, publicou uma série de trabalhos mostrando seres humanos e animais em harmonia. Utópico? Bem, a utopia é bem-vinda. Não há nada como o sonho para criar o futuro ...




Abaixo, reprodução da postagem inicial no facebook:

Não morreu o peão? aí que triste, seria menos um imbecil no mundo, apenas!

Competidor do Espírito Santo foi atingido enquanto disputava o rodeio na noite desta terça-feira (22). Ele foi encaminhado à Santa Casa da cidade.
G1.GLOBO.COM


Devagar com o andor ... Devagar com o andor ... Reviewed by blog dois pontos on 14:34 Rating: 5

2 comentários:

  1. O peão não morreu?
    Que pena, seria menos um imbecil no MUNDO.

    Reafirmo e assino em baixo.

    rs rs rs...

    ResponderExcluir
  2. Primeiro levaram os negros
    Mas não me importei com isso
    Eu não era negro

    Em seguida levaram alguns operários
    Mas não me importei com isso
    Eu também não era operário

    Depois prenderam os miseráveis
    Mas não me importei com isso
    Porque eu não sou miserável

    Depois agarraram uns desempregados
    Mas como tenho meu emprego
    Também não me importei

    Agora estão me levando
    Mas já é tarde.
    Como eu não me importei com ninguém
    Ninguém se importa comigo.

    Bertolt Brecht

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.