Tiroteio paulista

Bons companheiros?

Da sempre atenta newsletter Meio, do jornalista Pedro Doria:

O governador paulista Geraldo Alckmin não acredita que o prefeito paulistano João Doria continue no PSDB. Alckmin tem o apoio dos principais líderes tucanos do estado: FH, Serra e José Aníbal. Conta com a discreta antipatia que Aécio nutre por Doria. Tudo indica que o governador será o candidato tucano à presidência — e a aposta do governador é de que Doria deixará a legenda para se candidatar noutro canto. Ainda assim, segundo o blog Poder360, ele pretende convidar seu quase-ex-aliado a disputar sua cadeira no Palácio dos Bandeirantes.

Pois é... Um deputado estadual acusou Doria na cara, em discurso. “O senhor é um traidor. Vou repetir: o senhor é um traidor.”
Tiroteio paulista Tiroteio paulista Reviewed by blog dois pontos on 08:55 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.