A classe operária vai ao paraíso?


Para não perder de foco no meio greves aqui e ali ...

Indiretamente, a General Motors condiciona novos investimentos na planta de São José dos Campos à troca de comando no Sindicato dos Metalúrgicos, controlado atualmente pelo PSTU. O prefeito Felicio Ramuth (PSDB), que na campanha eleitoral de 2016 também defendeu a mudança, está com o abacaxi nas mãos. A dúvida tucana é como arrumar uma forma de interferir nessa questão sem sair depenado.

Outro tucano interessado nessa questão é Izaias Santana, que vê a Chery praticamente fechar suas atividades em Jacareí. A empresa tem capacidade para produzir 150 mil veículos, mas hoje trabalha com apenas 3.000.
A classe operária vai ao paraíso? A classe operária vai ao paraíso? Reviewed by Helcio Costa on 11:44 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.