Uma briga sem futuro ...

Felício, o rei das lives

O prefeito Felício Ramuth (PSDB) chutou o pau da barraca ...

Chamado de “felixo” em um post nas redes sociais, Felício pediu à Justiça a retirada das publicações da rede social. A Justiça decidiu pela permanência dos posts, mas determinou a retirada da expressão, atribuída ao administrador da página “Sou mais São José”.

Noticiado pelo G1, o caso veio a público na última quarta-feira.

Felício alegou que as postagens denigrem sua imagem pessoal e contêm informações mentirosas. Ele tem todo o direito de recorrer à Justiça sempre que se sentir ofendido. Mas, cá entre nós, o prefeito cometeu um erro de cálculo: com a ação, ele, involuntariamente, ampliou para milhares e milhares de pessoas uma informação que antes estava restrita a pouco mais de 500 internautas. Para a página “Sou mais São José”, um bom negócio ...

Pior, muita gente achou que a ação liga o nome de Felício à censura ...

A decisão da juíza Ana Paula Theodósio de Carvalho é clara. "As publicações contra as quais se insurge o autor apenas denunciam fatos que referem-se à política praticada na cidade. Não demonstram qualquer excesso ou abuso que culmine na retirada do ar das manifestações", diz trecho da decisão. "No momento político em que vivemos, a internet é a força do cidadão na expressão de suas opiniões", acrescentou. Tá certa, certíssima.


É, um caso onde a emenda é pior do que o soneto ...

Há algum tempo já se travava dentro do governo uma disputa entre pessoas que achavam que o prefeito deveria enquadrar alguns, digamos, excessos das redes sociais e pessoas da turma do não-vamos-mexer-nisso.  Pelo jeito, a primeira turma venceu a disputa interna.  Mas, todos juram: não foi o governo que vazou a vitória de Felício na Justiça. Mas, agora, tanto faz, Inês é morta ...
Uma briga sem futuro ... Uma briga sem futuro ... Reviewed by Helcio Costa on 13:45 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.