Azedou o caldo?

O vereador Diego Fonseca

Agora azedou o caldo de vez ...

Pressionado por uma série de reportagens da "Gazeta de Taubaté" sobre gastos com viagens oficiais dos vereadores, presidente da Câmara de Taubaté, Diego Fonseca (PSDB), utilizou a transmissão da TV Câmara sobre a sessão de hoje para criticar o jornal. Em uma espécie de "editorial", o vereador foi direto: "refuto e repudio todo esse 'profissionalismo' na Gazeta de Taubaté." O jornal protocolou uma ação judicial para ter acesso aos relatórios de viagens oficiais pagas pela Casa. O processo espera sentença.

Segundo o jornal, entre janeiro e agosto de 2017 foram registradas 381 viagens de vereadores, o que representa uma média de 47 por mês. Entre setembro e dezembro, período pós ação, foram 117 viagens, uma média de 29 por mês. Ou seja, a redução do número de viagens por mês foi de 38,5%. Em relação aos gastos, a queda foi ainda maior. De janeiro a agosto, os parlamentares receberam R$ 16.761,44 para ressarcir despesas de viagens, o que representa uma média de R$ 2.095,18 por mês. Entre setembro e dezembro, o total foi de R$ 2.534,40, o que leva a uma média de R$ 633,60 por mês. Ou seja, a redução de gastos por mês foi de 69,75%.


A "Gazeta" inquiriu o vereador para saber se houve alguma recomendação para que os vereadores reduzissem os gastos e o número de viagens após a ação movida pelo jornal, mas ele não se pronunciou.

Azedou o caldo? Azedou o caldo? Reviewed by blog dois pontos on 17:12 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.