Pró-Trabalho é aprovado

Um embate em câmera lenta ...

Não adiantou o apelo do ex-prefeito Carlinhos Almeida (PT) ...

A Câmara de São José dos Campos aprovou hoje projeto do prefeito Felicio Ramuth (PSDB) que prevê a criação de 2.000 bolsas-auxílio de R$ 1.000 a desempregados na cidade, programa batizado de Pró-Trabalho. A proposta foi aprovado   por unanimidade. Para ter direito ao benefício, o interessado precisa ter trabalhado, por no mínimo, dois anos com carteira assinada. Também não pode estar recebendo seguro-desemprego ou algum benefício do governo federal, estadual ou municipal. A oposição votou a favor do projeto, mas com ressalvas. Entre elas, a ausência de benefícios como 13º salários, férias e a diminuição no tempo da bolsa-auxílio, que era de 36 meses no PIQ (Programa de Incentivo à Qualificação), programa de moldes semelhantes, no governo  Carlinhos de Almeida (PT). 
No Pró-Trabalho terá prazo máximo de 24 meses.

O ex-prefeito postou um vídeo nas redes sociais em que classificou o Pró-Trabalho como um retrocesso. E fez um apelo para que a Câmara não votasse o texto. Dureza: nem a bancada do PT acolheu o pedido.  Ao blog dois:pontos, o prefeito Felício Ramuth defendeu o novo programa e criticou o PIQ como um programa de baixo impacto, com evasão grande e destinado a uma população vulnerável socialmente. 

E segue o baile ...
Pró-Trabalho é aprovado Pró-Trabalho é aprovado Reviewed by blog dois pontos on 20:53 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.