Pluct, plact, zum ...

Como diziam nos antigos filmes sobre jornalismo, parem as máquinas!



Ele voltou!

A razão de tantas exclamações é uma só: o digitador maluco do Paço Municipal de São José dos Campos reapareceu para fazer as suas trapalhadas. Depois de colocar o prefeito Carlinhos Almeida (PT) em maus lençóis estourando o preço do palito do sorvete no caso dos kit escolares suspeitos de superfaturamento, lá em 2013, 2014, o digitador maluco resolveu agora atazanar o governo Felício Ramuth (PSDB). Ele, o digitador maluco, e somente ele está sendo responsabilizado pela administração do PSDB pelo erro ocorrido na inscrição imobiliária do terreno do Bosque da Vila Betânia, que receber aval da prefeitura para corte de centenas de árvores. A prefeitura liberou o corte no terreno registrado sob número 40.0013.0001.0001, mas a área do grupo Marcondes César está registrada sob inscrição municipal 44.0013.0001.0001. Em resumo, a municipalidade liberou o corte em um terreno inexistente. Com isso, o caso que já era uma pedra no sapato de Felício, agora, por culpa dele, o digitador maluco, virou uma pedreira ....

Exagero? Longe disso ...

Segundo o governo do PSDB, o erro no caso do terreno do Bosque da Vila Betânia foi causado por um erro de digitação, mesma explicação dada por Carlinhos para explicar porque a prefeitura iria pagar R$ 11 por um palito de sorvete (incrível, um caso de palito de sorvete sem sorvete custar mais caro que palito com sorvete). Sinal de que o digitador maluco do Paço não tem viés ideológico, comete erros à direita e à esquerda, sem poupar ninguém. Menos mal ...


PS: no caso de Carlinhos, o pagamento do palito de sorvete foi suspenso, assim como de outros itens suspeitos de superfaturamento no caso do kit escolar. O caso segue na Justiça. Vamos ver o que vai acontecer com o caso do Bosque ...

Pluct, plact, zum ...  Pluct, plact, zum ... Reviewed by blog dois pontos on 17:25 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.