De grão em grão se faz um verão




A Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos lançou uma campanha em defesa do voto regional. Com o lema “O Vale vota no Vale”, a ofensiva da ACI defende o voto preferencial em candidatos a deputado que representem a Região Metropolitana do Vale do Paraíba. A meta é clara: reforçar a bancada regional na Assembleia Legislativa e na Câmara Federal, aumentando o peso político do Vale do Paraíba, Litoral Norte e Serra da Mantiqueira. E, como até as pedras da praça Afonso Pena estão carecas de saber, maior peso político se traduz em recursos, obras e benefícios que melhoram a vida da população da RMVale. Simples assim.

Bem, é simples, mas o desafio é grande.

Pelo número de eleitores, 1,7 milhão, a RMVale tam a capacidade de eleger uma bancada representativa: cinco deputados estaduais e cinco federais. Número bem maior que as urnas indicaram em 2014: dois federais e dois estaduais. Frente a outras regiões do Estado, numericamente foi um desempenho pífio. É preciso mudar isso. Mas a tarefa é hercúlea.

Primeiro, as eleições serão marcadas por um descontentamento profundo do eleitor com os políticos, o que tende a aumentar a perda de votos, como se viu na eleição solteira do Tocantins, com número astronômico de brancos, nulos e abstenções. É preciso convencer o eleitor a votar. Essa é uma tarefa de todos que acreditam na força do voto. Pode parecer até protesto legítimo, mas deixar de votar é dar um “liberou geral” para os safados, a banda podre que domina algumas máquinas partidárias. Mas o mar não está para peixe. Nas eleições de 2014, a perda de votos para deputado federal em São José dos Campos beirou os 25% e, para deputado estadual, passou dos 40%. Se crescer, esse índice ameaça pulverizar as urnas, reduzindo ainda mais a representatividade regional. É como dar um tiro no pé. Além disso, os paraquedistas --aqueles que só aparecem na região de quatro em quatro anos, ou, pior, nunca estiveram aqui, mas são catapultados por razões diversas, como Tiririca-- ajudam a minar a força regional. E dizem que pior do que está, não fica. Fica, como fica ...

Sem entrar no mérito de candidatos específicos, a RMVale tem bons nomes em busca de vaga na Assembleia ou na Câmara Federal. Seria bom se a campanha do voto regional, retomada pela ACI de São José dos Campos, gerasse frutos, conquistasse adesões, outras frentes, outras entidades de classe, veículos de imprensa, formadores de opinião, enfim, ganhasse musculatura. Afinal, uma andorinha só não faz verão. Mas, se o barulho for grande, sai de baixo ...


De grão em grão se faz um verão De grão em grão se faz um verão Reviewed by Helcio Costa on 11:58 Rating: 5

Um comentário:

  1. Desejo que a ACI coloque nesta campanha a exigencia ficha limpa e que políticos condenados por improbidade,corrupção sejam excluídos.Mesmo os amigos!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.