O impasse do Banhado

O prefeito Felício Ramuth


O prefeito Felício Ramuth (PSDB) lançou uma ofensiva em favor da segurança na área do Banhado. Em um curto espaço de tempo colecionou vitórias e derrotas parciais. Mas, com certeza, esse é uma luta que vale a pena ser lutada ...

Tomara que Felício não desista no meio do caminho.

Explico: ao longo de décadas, a área do Banhado tem sido usada pelo crime, em pleno coração de São José dos Campos, de forma totalmente fora do controle. Sem resolver essa questão, a segurança do centro estará sempre vulnerável. Estão lá, no Banhado, as biqueiras que abastecem de droga boa parte da área central da cidade, é por lá que ladrões e assaltantes (que cometem pequenos, médios e grandes delitos) fogem quando confrontados pela polícia. Frente a isso, a instalação das bases da Guarda Municipal, uma no acesso ao Jardim Novo Esperança e outra na Rua da Linha, tem a finalidade de tentar intimidar a ação dos bandidos. Resta saber se essas medidas bastam.

Eu acho que não ...

Felício chegou a bloquear a Rua da Linha, mas teve que retirar as barreiras por determinação da Justiça, a partir de ação da Defensoria Pública, para quem a ofensiva do governo do PSDB seguiria uma linha da “eliminação cívica”.  Antes, as ruas centrais de São José dos Campos sofreram interdições, provocadas por protestos dos moradores do Banhado, deixando caótico o trânsito da cidade.

Para ter sucesso efetivo, a Prefeitura de São José dos Campos teria que retirar, de uma vez por todas, os moradores do Banhado –que é, não custa nada lembrar, Área de Proteção Ambiental. Na ofensiva de Felício, o governo chegou a oferecer auxílio-moradia de R$ 700, mais R$ 5.000 para ajudar na mudança, além de verba extra para quem trabalhasse na demolição de sua casa ou barraco por conta própria. De agosto para cá, só 10 famílias aderiram ao programa. É pouco, muito pouco, pouco mesmo. O ideal é que a proposta oficial da prefeitura seja melhorada, para que a adesão dos moradores seja crescente. É sempre bom lembrar que boa parte dos moradores do Banhado é gente boa, honesta, trabalhadora. O que pode ser feito por eles? Com a palavra, o governo do PSDB.

Mas uma coisa é certa: sem o combate contra o crime no Banhado, a segurança do centro de São José dos Campos estará sempre em xeque.



O impasse do Banhado O impasse do Banhado Reviewed by blog dois pontos on 20:06 Rating: 5

4 comentários:

  1. Uma bela batalha! Nos últimos anos poucas ações foram realizadas em relação ao bunker do Banhado. Tenho certeza de que vale a pena, será um grande passo para outra grande ação que nunca sai do lugar....a efetivação da revitalização da zona central.

    ResponderExcluir
  2. Enquanto algumas pessoas, continuar a apoia-los, não teremos segurança pública no centro.

    Alguém aqui, lembra de quantos, "advogados","vereadores","artistas" joseenses, desse no banhado para apoiar a causa deles?

    Poderia até citar nomes, se não fosse ter problemas com esses "ativistas".

    ResponderExcluir
  3. Parabéns ao prefeito, está realizando um ótimo trabalho, o tráfico pressiona os moradores a não aderirem as propostas da prefeitura, é notório o interesse dos traficantes em permanecerem nesse local insalubri, porém é dever do poder pubrpúb ajudar essas famílias a saírem de la para um local mais adequado para morarem, eu apoio e continuarei apoiando essa importante ação da Prefeitura.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.