O inimigo da Santa ...

Imagem de Nossa Senhora em Aparecida

Deu na Folha ...

O ex-deputado federal Victório Galli Filho (PSL-MT), autor de um projeto que extinguia o título de Padroeira do Brasil dado a Nossa Senhora Aparecida, foi nomeado para atuar como assessor especial da Presidência da República. No novo cargo, Galli Filho, que foi pastor evangélico, vai receber R$ 16,9 mil por mês. 

Galli Filho foi eleito deputado federal em 2014, mas não conseguiu a reeleição em 2018, obtendo 52,9 mil votos. 

Antes de 2014, porém, ele chegou a assumir o mandato de deputado federal por duas vezes atuando como suplente.  Foi em 2007 que ele apresentou o projeto que alterava a lei que instituiu Nossa Senhora Aparecida como padroeira do Brasil. O texto proposto por Galli Filho tirava da santa a condição de padroeira do país e a colocava como "padroeira dos brasileiros católicos apostólicos romanos". À época, ele disse que a proposta deveria ser considerada útil "para a promoção da igualdade entre os cristãos brasileiros, sem privilégios à maioria de orientação cristã" e que o projeto havia sido sugerido por pessoas que não eram católicas.  Polêmico, o projeto foi arquivado em 2008 na Comissão de Educação e Cultura da Câmara dos Deputados
Outro projeto polêmico apresentado pelo agora assessor especial da Presidência na Câmara dos Deputados chegou à Casa em 2012, quando ele ainda era suplente: Galli Filho propôs um projeto que alterava o código penal e impedia pessoas que, por crença religiosa, fizessem comentários considerados ofensivos a uma determinada orientação sexual não poderiam ser processados por injúria ou difamação.
O inimigo da Santa ... O inimigo da Santa ... Reviewed by Helcio Costa on 12:06 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.