A turma do estilingue

Letícia e Bolsonaro



A deputada estadual Letícia Aguiar (PSL) respondeu pelo facebook as críticas que tem recebido da turma do estilingue.

Em um textão, Letícia comentou as estilingadas, uma a uma.

Sobre a contratação de ex-vereadores e ex-assessores de vereadores. até um ex-assessor da vereadora Amélia Naomi (PT), para seu staff, a irrequieta deputada do PSL perguntou: qual o ato ilícito disso? "Um ex-funcionário de uma empresa não pode ser contratado por outra?" E acrescentou: “O próprio Jair Bolsonaro indicou para serem seus ministros pessoas de outros partidos.” Segundo ela, o critério é a experiência. Sobre a contratação da mulher de Anderson Senna pelo deputado federal Junior Bozella, Letícia insistiu que o ato é lícito, não configura nepotismo e que, mais uma vez, o critério foi competência. Mas acrescentou: “vou orientá-la para que peça o desligamento e continue nos ajudando de forma voluntária.”  Sobre o quiproquó envolvendo a demissão voluntária do diretório do PSL em Jacareí, Letícia disse que o partido está passando por mudanças no Estado e na região. “É necessário ter paciência”, disse. O resto (o texto é grandão), confira, se quiser.

O textão teria sido uma resposta cobrada pelas bases do PSL aos a memes que têm circulado aqui e ali. O jogo está apenas começando. O que mais vem por aí?

Bem, Letícia está correndo bastante para ampliar seu espaço de ação. De novo, a deputada de São José dos Campos foi convidada pela senadora Soraya Thronicke para integrar a Executiva Nacional do PSL Mulher. A deputada pimentinha, claro, disse sim. O grupo foi recebido pelo presidente Jair Bolosnaro esta semana no Palácio do Planalto, com direito a foto. entrevistas, selfies e likes.



A turma do estilingue A turma do estilingue Reviewed by blog dois pontos on 14:13 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.