Façam as suas apostas

Na gangorra do voto


Afinal, o que mostra o levantamento Vale/Paraná Pesquisas?

A partir de dois cenários, que variam de acordo com o candidato do PT, a pesquisa revela a existência de blocos bem definidos na disputa pela Prefeitura de São José dos Campos, isto a um ano e quatro meses da eleição de 2020.

Na pesquisa estimulada, Felício Ramuth (PSDB) larga na frente, com uma intenção de voto que varia de 29,1% a 29,2% entre um cenário e outro. Atrás dele, mas descolada do terceiro bloco, surge Renata Paiva (PSD), com 18,1% a 19,8% entre um cenário e outro, uma oscilação dentro da margem de erro da pesquisa, de 3,5 pontos percentuais, para mais ou para menos.

A partir daí aparece, nos dois cenários, um blocão. Ou melhor, dois, que se misturam pela margem de erro de 3,5%, para mais ou para menos.

Com Wagner Balieiro (PT) na disputa, os integrantes do superblocão são Shakespeare Carvalho (PRB), com 9,1%, no topo da lista, seguido pelo próprio Balieiro, com 6,5%; Letícia Aguiar (PSL), 4,5%; Toninho Ferreira (PSTU), 3,5%; Eliane Nikoluk (PR), 3,2%; e Luiz Carlos Oliveira (Podemos), com 2,2%. Não sabe bateu na casa 7,2% e nenhum deles, 16,6%. Com Luiz Leduíno (PT) na disputa, o superblocão aparece nessa ordem: Shakespeare. 9,9%; Letícia, 4,9%; Toninho, 4%; Nikoluk, 3,5%; Luiz Carlos, 2,2%; e o próprio Leduíno, com 1,5%. Não sabe fica em 7,4% e nenhum deles, em 17,5%.

Em dois cenários, Felício e Renata chegam a empatar tecnicamente entre eleitores de 16 a 34 anos e entre votantes que tem apenas ensino fundamental.

A disputa colocada pela pesquisa é essa.

Alguém concorda? Alguém discorda? Essa é a parte boa da coisa: o debate de ideais e tendências. Lembrando: pesquisa é retrato do momento, feito a partir de uma amostra do eleitorado. A um ano da eleição, o nível de certeza é instável. Afinal, o eleitor não está focado na disputa. Feitas essas considerações, a parte técnica: o levantamento Vale/Paraná Pesquisas ouviu 718 eleitores entre os dias 27 e 31 de maio. E tem um nível de confiança de 95%, com margem de erro de 3,5 pontos percentuais para mais ou para menos.

Alguém tem uma visão diferente? Dê seu pitaco ...

PS: Esta é a segunda postagem sobre este assunto. Na primeira, dei uns pitacos sobre o cenário geral. A partir da próxima vou começar a analisar os personagens da pesquisa e alguns efeitos colaterais da disputa. Até ...

Façam as suas apostas Façam as suas apostas Reviewed by blog dois pontos on 16:32 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.